Seja para candidatura de vereador ou prefeito, esqueça tudo que sabe sobre campanhas eleitorais passadas. Diante de um novo contexto social e político instaurado para essa campanha 2020, insistir na repetição de métodos passados será algo facilmente ultrapassado por estratégias mais adequadas para o que estar por vir.

Uma campanha eleitoral vitoriosa depende de vários fatores. Do histórico, ideologia e propostas do candidato(a), à chapa, coligação e partido escolhido. Se recortamos as últimas duas campanhas municipais do país, podemos observar que novas variáveis foram agregadas a cada ano examinado. E isso, mudou completamente o modo de condução de cada campanhas.

Para este ano, a quantidade de novas variáveis chega a assustar, vejam abaixo:

  • A permissão para o uso de redes sociais
  • O fim financiamento eleitoral corporativo
  • A permissão para impulsionamento de conteúdos
  • A possibilidade de arrecadação de doações (pessoas físicas) pela internet
  • A definição do período da pré-campanha
  • O fim das coligações proporcionais
  • Às ondas de “fake news” as vésperas do dia da votação.

Se prender ao velho modelo de campanha é algo fadado ao fracasso, típico de candidatos que ainda não conseguiram compreender bem esse novo cenário já estabelecido para 2020. O foco na repetição de mensagens apenas no período eleitoral, basear-se somente na comunicação tradicional e naquele grande volume de recursos destinados a cabos eleitorais não será a estratégia adequado para esse novo contexto.

É preciso entender que o momento é outro. A cabeça do eleitor mudou, quer mais objetividade, menos pirotecnia. A comunicação mudou, precisa ser mais rápida, mais transparente. Os canais da comunicação com o eleitor mudaram, exigindo adequação de conteúdos para cada um deles.

Será impraticável, por exemplo, pensar que uma propaganda feita para a TV cause um impacto positivo em um eleitor que está no YouTube, no Facebook, no Instagram ou no WhatsApp, que demandam uma formatação diferente. O eleitor que está na frente da televisão é o mesmo que está na frente do celular, mas a expectativa dele a respeito do que vai encontrar é diferente em cada canal.

Comece a pensar em uma campanha como um grande campeonato, sabendo que haverá uma data final para ele entenda o quanto antes como agir diante desse novo cenário. Esteja preparado para esta disputa adquirindo conhecimento suficiente para saber planejar sua estratégia com antecedência, forme sua base de apoiadores, tenha bons parceiros e fique o quanto antes em condições de lidar com as situações adversas dessa eleição em 2020.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui