fbpx

Coelho Neto

Início Coelho Neto Página 5

Se Serra não for para a disputa em 2020, como fica a situação dos vereadores eleitos em seu palanque?

Trinta e nove por cento dos vereadores da Câmara Municipal de Coelho Neto vieram do palanque do ex-candidato Luís Serra (PSDB) em 2016, mesmo assim, antes de iniciar o mandato muitos deles optaram em conectar-se ao projeto de governo do futuro prefeito eleito, Américo de Sousa (PT). Era algo crucial para que o novo governo desenvolvesse suas ações com certa governabilidade.

Logo nos primeiros meses de legislatura, Luís Serra viu parte dos recentes correligionários apoiando uma causa em seu desfavor, a desapropriação de um de seus imóveis. Sem acreditar no que via, teve que rever sua relação de amizade e política com cada um deles, como consequência disso, os mesmos também perderam recursos humanos de dentro da coligação que sustentou suas eleições no ano anterior.

APOIO NA ESTACA ZERO

Grupos de lideranças como o G6 e o G20 (Novo G6), já estão se remodelando para as eleições que se aproximam. Cada um dos dois grupos em formação têm como critério principal, não aceitar nenhum vereador de mandato em suas composições. Nem que para isso, tenham que escolher um partido fora do alcance de qualquer vereador de mandato.

Do grupo eleito com ajuda do Luís Serra, apenas Ricardo Chaves (Civilidade) se manteve coerente e posicionado no mesmo lugar sem oscilar. Sendo assim, o único que não passará pelo desgaste de uma mudança de partido ou grupo, simplesmente por não ter abandonado suas bases. A rejeição dos demais dentro do antigo grupo forçará a montagem de novos grupos de apoios, se não, uma submissão aos grupos que os aceitarem nas suas condições.

FORTALECIMENTO PETISTA

O Partido dos Trabalhadores (PT) é a opção mais inteligente para esses dissidentes, já que não irão conseguir espaço em seus antigos grupos. Apesar de terem vindos da oposição política, nomes como o do vereador Luís Ramos (PSD), têm suas atuações diretamente ligadas ao governo Américo. Portanto, será fatalmente perigoso para ele, assim como qualquer um que veio do grupo do Luís Serra, assumir posicionamento de oposição contra o PT depois de ter defendido e apoiado o mesmo desde o início dos seus mandatos.

Américo de Sousa sabe muito bem que os vereadores que compõem sua base na Câmara terão boas chances de reeleição ficando ao seu lado em 2020, e não deixará escapar nenhum deles, com a simples estratégia de fortalecer a sua base de votos.

Agências bancárias do Maranhão terão que ter segurança armada 24h

1

A Justiça determinou que as agências do Banco do Brasil, Banco Bradesco, Banco da Amazônia, Banco Itaú, Banco do Nordeste, e Banco Santander no Maranhão mantenham vigilância armada 24 horas, conforme expressa a Lei Estadual 10.605/2017. A decisão foi proferida na quinta-feira (27) pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha, pelo juiz titular Douglas de Melo Martins. A referida Lei dispõe, entre outros, sobre a contratação de vigilância armada para atuar 24 horas por dia nas agências bancárias públicas e privadas, inclusive em finais de semana e feriados. A decisão fixou aos bancos o prazo de 30 dias para cumprimento, sob pena da determinação de multa diária no valor de R$ 5 mil.

A decisão é resultado de Ação Civil Pública que tem como autor o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon, e foi ajuizada contra o Banco do Brasil, Banco Bradesco, Banco da Amazônia, Banco Itaú, Banco do Nordeste e Banco Santander, no sentido de cumprimento integral da Lei Estadual 10.605/2017, que tem como finalidade inibir ações de criminosos e garantir a segurança e proteção à vida e à saúde dos consumidores do serviço bancário, como preceitua o Código de Defesa do Consumidor. O Procon cita na ação que nenhum dos bancos cumpriu, até agora, o que determina a referida lei, desde a sua publicação.

Para a Justiça, a atividade econômica desenvolvida pelos estabelecimentos bancários se enquadra no conceito de atividade de risco, em razão dos altos valores por elas movimentados. A decisão levanta dados referentes aos lucros anuais das grandes agências bancárias do país.

A Lei

A Lei 10.605/2017 ressalta, ainda, o seguinte: “Os vigilantes deverão permanecer no interior da instituição bancária, em local seguro para que possam se proteger durante a jornada de trabalho, e dispor de botão de pânico e terminal telefônico, para acionar rapidamente a polícia. O botão de pânico citado deverá bipar a Sala de Operações da Polícia Militar do Maranhão (…) Como forma de segurança, o vigilante também deverá dispor de dispositivo para acionar sirene de alto volume no lado externo do estabelecimento, chamando atenção de transeuntes e afastando delinquentes, de forma preventiva a cada acionamento”.

Para a justiça, o PROCON comprovou, por meio de documentos, o descumprimento da lei estadual pelos bancos. “Demonstrada, portanto, a probabilidade do direito alegado. O risco de dano irreparável ou de difícil reparação consiste no fato de que com frequência tem sido noticiada na imprensa a atuação criminosa de grupos contra estabelecimentos bancários, pondo em risco a vida, saúde e segurança não só dos consumidores como dos próprios funcionários dos bancos”, enfatizou Douglas Martins, antes de decidir pela determinação do cumprimento da Lei 10.605/2017.

Fonte: Jornal Pequeno, Maranhão (jornalpequeno.com.br)

Criador do slogan: “Pra Cima”, do vereador Marcos Tourinho, comemora aniversário

2

Antonio Crateús, mais conhecido como Tony, é o legítimo criador do slogan de campanha e atualmente referência do vereador Marcos Tourinho. O slogam tem tudo haver com o vereador, que encara problemas e adversidades indo Pra Cima.

Hoje, Tony comemora mais um ano de vida com amigos e familiares.

Posts Populares

Meus Favoritos

PARA CIMA / PARA BAIXO

PARA CIMA EMPREENDEDORISMO: Dois novos empreendimentos estão prestes a...