fbpx

Política

Início Política

O quê significa a volta de Moabe Branco para base do governo Américo no legislativo

Sem dúvida o cargo de prefeito é poderoso, mas nenhum pode prescindir de ótimas relações com o Legislativo. Ontem dia 07 (quarta-feira), uma foto onde posam sorridentes o prefeito Américo de Sousa (PT) e o vereador Moabe Branco (PSD), retrataram as boas relações entre os dois poderes e ainda que Américo encaixou o papel natural de líder nas eleições que se aproximam.

É cedo para afirmar com cem por cento de certeza que o programa social, Prefeitura na Comunidade já repercutiu no meio político. Porém, é fato que de repente todos os representantes da política em Coelho Neto já não olham como antes para o governo petista, nem deviam. Em comparação a oposição, Américo tem hoje nas mãos a maior fatia já formada de eleitores, notoriedade política, trabalho desenvolvido e muita capacidade para motivar opinião pública, eleitores e lideranças políticas.

Vereador Moabe, sorridente no encontro com o Prefeito Américo

Na oposição, até agora não há ninguém com capacidade de aglomerar lideranças e sobrepujar a força do governo que vai tentar reeleição. Por tanto, a imagem fotografada de um vereador sorridente por estar de volta à base do Governo Américo, mostra quem será o maior poder de atração de lideranças políticas e votos nas eleições de 2020, não tem como duvidar disso.

Saiba quem está por trás das redes sociais do Prefeito Américo de Sousa.

A internet de hoje em dia elevou nossa capacidade de se comunicar, não se fala mais em de hora em hora, mas sim, de minuto a minuto. E isso dentro do Marketing Político fez impor o surgimento de um novo tipo de política, o Fast Politics (FP). Tudo se resume na capacidade de planejar e executar uma comunicação que evolva e engaje cidadãos nas ações realizadas por um político e seu governo.

Com a introdução acima, agora fica fácil perceber que o Prefeito Américo de Sousa (PT) tem trabalhado o seu Fast Politics e se tornado um dos políticos mais ativos nas mídias sociais coelhonetense.

Enquanto alguns velhos conhecidos da nossa política se iniciam nas aparições esporádicas, Américo de Sousa utiliza-se de seus perfis nas redes sociais para aumentar sua presença online. Sem utilizar contextos soltos para se definir no mundo virtual, quem se depara com o perfil do Prefeito Américo nas redes sociais, vê um cidadão trabalhando, dialogando com pessoas, aberto às criticas e conselhos.

Quem me conhece já deve ter ouvido ou lido uma frase minha na qual eu sempre repito: “Somos aquilo que compartilhamos”.

Foto reprodução – Instagram

Prefeito sempre presente e fazendo máximo possível q pode para ajudar e melhorar cada dia mais nossa querida Coelho Neto

Comentário de @rafinha_cruz1107 – Instagram

Américo de Sousa faz algo que considero essencial para geração de engajamento nas redes sociais: relacionar-se com seus seguidores. O petista conseguiu personalizar e humanizar seu perfil com interações diárias, e conseguiu de um jeito muito inteligível que vai de uma simples curtida à respostas imediatas nos comentários que recebe, seja ele bom ou ruim.

Se engana quem pensa que há alguém por trás das redes sociais do prefeito de Coelho Neto, tudo é feito por ele. Quem interage com o perfil @prefeitoamericodesousa no instagram, por exemplo, está interagindo diretamente com o Prefeito de Coelho Neto.

Para quem quer descobrir o interessante trabalho de social mídia do Prefeito Américo, suas interações e como ele age nas redes sociais, clique nos botões para abrir o perfil do prefeito a partir do seu aplicativo de rede social.

Uberllany Fernandes, o exemplo de DNA da nova política no Brasil

0
bela-fernandes

A nova geração de políticos do Brasil é superconectada com as redes sociais, tem formação superior e engajamento com algumas causas sociais. Um bom exemplo dessa nova geração de políticos vem de Guarabira no estado da Paraíba, a bacharel em contabilidade Uberllany Xavier Fernandes.

Funcionária pública em um hospital de Guarabira, Uberllany tem aproveitado o seu serviço público para ganhar conhecimento de causa na área da saúde e gestão pública. Diferente de muitos jovens do Brasil ela não vê a política com desinteresse, ao contrário disso, acredita que é através dela que é possível mudar com muito mais impacto a vida das pessoas.

Uberllany aprendeu ainda criança com a mãe, dona Bibi do Espetinho estar engajada em atividades de cunho social. A mais de uma década, as duas distribuem cestas básicas para a população mais carente da sua cidade, influenciado o restante da família no interesse causas sociais.

A sua formação veio através da luta na venda de espetinhos ao lado de dona Bibi. Isso deu a ela habilidades interpessoais e senso de atenção com o próximo, que carrega consigo no trabalho e convivência com as pessoas ao seu redor.

Políticos e partidos da capital e do seu município, já observam a bacharel contadora como áquela que tem o perfil ideal para a renovação política do município. Que tem a premissa de fazer com que as pessoas melhorem o olhar para os políticos e à política em si.

PASEP dos servidores municipais de Coelho Neto estão sendo depositados

0

Além do compromisso de manter em dia o pagamento do funcionalismo público, o governo municipal de Coelho Neto também não descuida com os procedimento do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, conhecido como PASEP. O funcionário público municipal que tem direito a receber o PASEP, terá o pagamento depositado automaticamente na conta se este for correntista do Banco do Brasil.

O governo Américo de Sousa (PT), fez uma atualização nas informações dos servidores públicos municipais recentemente. Apesar de ter sido uma medida orientada pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão para detectar servidores com acumulo de cargo no município, serviu como facilitador na declaração dos beneficiários do PASEP.

O Abono Salarial é um benefício concedido para participantes cadastrado no Pasep há  5 anos ou mais, que tenham sido declarados corretamente na Rais, auferido a média salarial de até 2 salários mínimos no ano anterior à sua concessão e trabalhado no mínimo 30 dias no ano.

Fonte: Banco do Brasil

Se você que saber se é beneficiário e se tem direito a saque desse benefício, clique no botão abaixo e consulte pelo site do Banco do Brasil usando o seu CPF ou número de PASEP.

ELEIÇÕES 2020: Dr. Sampaio e Luís Serra despontam na preferência dos internautas

O médico cirurgião Dr. Sampaio e o empresário Luis Serra (PSDB) despontam na pesquisa online que busca saber na opinião dos internautas quem são os nomes: preferidos, bons e ruins, para disputar as eleições em 2020 contra o forte oponente Américo de Sousa (PT).

O sistema que monitora os acessos deste site, google analytics, aponta que no momento 317 pessoas já acessaram a página da pesquisa com 105 votantes. Em números mais estatísticos, a pesquisa aponta uma margem de erro de 6.59% com confiabilidade de 90%.

Dr. Sampaio e Luiz Serra despontam na preferência dos internautas

Como era de se imaginar, Luís Serra do (PSDB) aparece como um dos nomes preferidos dos votantes. No entanto, algo peculiar está acontecendo, o médico cirurgião Dr. Sampaio aparece em primeiro como o preferido dos internautas. Deixando para trás até mesmo nomes mais conhecidos, como o do policial civil Albino Klaubert e o ex-deputado Antônio Bacelar.

Dr. Sampaio e o vereador Rafael Cruz (MDB)

A pesquisa estará aberta até o dia 02 de Outubro. Você pode votar e acompanhar o resultado parcial acessando a pesquisa logo abaixo, lembrando que só é possível votar uma única vez. VOTE AGORA!

Após matéria da revista ÉPOCA, imagem política de Soliney fica a deriva

O Ministro Dias Toffolli, suspendeu todos os processos e inquéritos que utilizavam dados bancários compartilhados sem autorização da justiça e obtidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras – COAF. Uma matéria postada no site da revista ÉPOCA sobre a decisão do presidente do STF, usou a denúncia contra o ex-prefeito de Coelho Neto Soliney Silva, para exemplificar os diversos indícios de saques em quase 300 prefeituras do Brasil no valor de R$ 2 bilhões.

Apesar da decisão favorecer o ex-prefeito, pois suspende de vez o processo contra todos os investigados e inclusive ele, não o deixa em situação favorável no tocante a sua imagem política. Principalmente, por pretender voltar ao cargo no qual está sendo denunciado pela Procuradoria Regional da República – PGR, por ter supostamente desviado R$ 3,7 milhões entre 2009 e 2011.

Aos poucos Soliney vem deixando de ser conhecido por seu refinamento no trato político, e hoje se vê sendo sugado para dentro de um buraco negro político criado por ele. Por isso, nem mesmo é preciso oposição atacando o ex-prefeito para gerar o desgaste na sua imagem.

No momento em que Soliney Silva deveria subir no consenso popular, a tendência tem sido o contrário. Com a situação ficando cada vez mais fatigante, visto que quando as forças de coalisões do cenário político se deparam com falta de consenso popular tudo muda. Fazendo com que esses grupos comecem a questionar a solidez na candidatura anunciada pelo ex-prefeito.

A matéria definitivamente deixa um grande arranhão na imagem e na credibilidade da candidatura do Soliney nas eleições 2020. Prejudicando muito seu poder de atrair as coalisões (grupos de lideranças e políticos) que, definem as eleições.

A culpa do Governo Américo e da esquerda que ele representa

Não dá para imaginar em desenvolvimento e qualidade de vida do homem do campo sem nos remeter à: agricultura familiar (AF), suas dimensões e constante comercialização da produtividade. Um bom começo para isso seria fortalecendo um mercado institucional que revolucionasse a vida socioeconômica do homem do campo de forma continuada — exatamente através do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).

CHEGADA PELA ESQUERDA

Considerado um dos maiores programas de nutrição do mundo, o PNAE já tem 63 anos de existência. Para nós coelhonetenses, foi preciso que um partido com histórico de luta pelo homem do campo e de esquerda, assumisse a gestão municipal para só então, ver nosso homem do campo e alunos da rede pública de ensino usufruindo com completude dos benefícios advindos desse programa.

Tomando o fato acima como exemplo, convido você a encarar como parte de um exercício democrático que nos torna seres humanos mais tolerantes e sensatos, a reconhecer a importância das diferenças ideológicas, valores e causas que cada partido carrega. Entendendo que são através delas que o poder político norteia todas as mudanças socioeconômicas produzidas na sociedade.

O PNAE teve como marco legal no ano de 2009, através da Lei 11.947, a obrigatoriedade de adquirir no mínimo 30% do valor repassado, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Hoje intensamente garantido pelo governo Américo de Sousa (PT), o PNAE, leva a todos os alunos da educação básica matriculados em escolas públicas de Coelho Neto a garantia de merenda escolar saudável comprada de agricultores do município.

OS PROTAGONISTAS

Diferentes resultados vem aparecendo, como a permanência dos agricultores no campo, aumento do número de jovens voltados à AF, melhorias na preservação do ambiente, aumento da renda de agricultores familiares e melhoria na qualidade de vida das famílias produtoras a partir do manejo na produção e do consumo de alimentos mais saudáveis.

Foto reprodução: Edivaldo Junior – Engenheiro Agrocóla (Seg. à Esquerda) e Albertino – Sec. de Agricultura (Seg. à Direita)

O sucesso de tudo que os agricultores produzem tem o protagonismo da SEMA – Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, por meio da sua equipe e da gestão do secretário da mesma, Albertino Veríssimo. A atenção e o suporte ao agricultor chega de forma variada com disseminação de conhecimento sobre melhores práticas de plantio e colheita, manejo de animais, distribuição de sementes, apoio logístico e maquinário agrícola. A secretaria é um destaque no governo municipal, funcionando com sua equipe qualificada, empenhada e altamente dedicada aos valores do homem do campo.

A MUDANÇAS

Setenta e cinco famílias do campo estão passando por transformações irreversíveis no seu núcleo familiar, tanto no aspectos social quanto no econômico. Capacitação e entendimento financeiro são algumas dessas transformações de cunho social. Contudo, é o empoderamento financeiro que tem dado ao homem do campo novas pespectivas e visões, como por exemplo: poder oportunizar seus filhos com uma formação de nível superior.

” Depois de sairem para estudar, ver meus filhos voltarem e atuar na sucessão do que a gente faz aqui é uma coisa que tem nos unido demais”

Renato Aguiar, um dos agricultores que atende o PNAE em Coelho Neto

Uma outra variável econômica é a contratação de mão-de-obra, na maioria dos casos, diaristas que ajudam na produção que aumenta a cada dia. Ilustrando assim, que as mudanças boas do programa atingem também os moradores das localidades produtoras.

A revolução na vida do nosso homem do campo, da economia local e da forma de se alimentar dos nossos estudantes, é algo sem volta. Tudo culpa exclusiva: das famílias agricultoras de Coelho Neto e da sensibilidade da esquerda, isso é inquestionável.

Antônio Pires declara pré-candidatura e já fala em derrotar seu principal adversário

O atual vice-prefeito de Coelho Neto Antônio Pires (PCdoB) se tornou o terceiro pré-candidato declarado para as disputas eleitorais de 2020. Numa candidatura pelo mesmo partido do governador Flávio Dino, o PCdoB, o vice-prefeito precisa ainda conquistar o partido por completo. Desfortalecido após rompimento com o governo municipal, Pires falou que se articula para derrotar o prefeito Américo de Sousa (PT).

Utilizando-se de tom forte e confiante numa entrevista dada para um blogue, Pires fez o anuncio da sua pré-candidatura para prefeitura de Coelho Neto em 2020. Evocou nomes de representantes do seu partido (PCdoB) e governo do estado, todos como sendo parte integrante da sua musculatura política. Porém, foi comedido ao demonstrar que nomes como o do Presidente do Diretório Estadual do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, ainda se diz desejoso em apoiá-lo devidamente ano que vem.

O presidente do PCdoB e aliado histórico do Governador Flávio Dino, Francisco Duduzinho, não fez parte dos nomes mencionados pelo pré-candidato. Em 2016, mesmo tendo sido apontado por Dino para compor a chapa de vice-prefeito de Américo de Sousa, Duduzinho acabou sendo trocado pelo peso político de Antônio Pires. Olhando por esse viés, não se sabe o quanto isso pode ter afetado as relações entre os dois comunistas, já que nunca mais foram vistos juntos desde o rompimento de Pires com o governo do PT.

Experiente e com um entendimento político tal como o de poucos, Pires se mantém com mandato desde quando entrou na política partidária. Todavia, segue desfortalecido após rompimento com o governo do qual ainda é vice-prefeito. Mas, nada impeditivo para articular com o que restou do seu grupo o objetivo de tentar derrotar o governo que ajudou eleger em 2016, o governo do atual Prefeito Américo de Sousa (PT).

Se Serra não for para a disputa em 2020, como fica a situação dos vereadores eleitos em seu palanque?

Trinta e nove por cento dos vereadores da Câmara Municipal de Coelho Neto vieram do palanque do ex-candidato Luís Serra (PSDB) em 2016, mesmo assim, antes de iniciar o mandato muitos deles optaram em conectar-se ao projeto de governo do futuro prefeito eleito, Américo de Sousa (PT). Era algo crucial para que o novo governo desenvolvesse suas ações com certa governabilidade.

Logo nos primeiros meses de legislatura, Luís Serra viu parte dos recentes correligionários apoiando uma causa em seu desfavor, a desapropriação de um de seus imóveis. Sem acreditar no que via, teve que rever sua relação de amizade e política com cada um deles, como consequência disso, os mesmos também perderam recursos humanos de dentro da coligação que sustentou suas eleições no ano anterior.

APOIO NA ESTACA ZERO

Grupos de lideranças como o G6 e o G20 (Novo G6), já estão se remodelando para as eleições que se aproximam. Cada um dos dois grupos em formação têm como critério principal, não aceitar nenhum vereador de mandato em suas composições. Nem que para isso, tenham que escolher um partido fora do alcance de qualquer vereador de mandato.

Do grupo eleito com ajuda do Luís Serra, apenas Ricardo Chaves (Civilidade) se manteve coerente e posicionado no mesmo lugar sem oscilar. Sendo assim, o único que não passará pelo desgaste de uma mudança de partido ou grupo, simplesmente por não ter abandonado suas bases. A rejeição dos demais dentro do antigo grupo forçará a montagem de novos grupos de apoios, se não, uma submissão aos grupos que os aceitarem nas suas condições.

FORTALECIMENTO PETISTA

O Partido dos Trabalhadores (PT) é a opção mais inteligente para esses dissidentes, já que não irão conseguir espaço em seus antigos grupos. Apesar de terem vindos da oposição política, nomes como o do vereador Luís Ramos (PSD), têm suas atuações diretamente ligadas ao governo Américo. Portanto, será fatalmente perigoso para ele, assim como qualquer um que veio do grupo do Luís Serra, assumir posicionamento de oposição contra o PT depois de ter defendido e apoiado o mesmo desde o início dos seus mandatos.

Américo de Sousa sabe muito bem que os vereadores que compõem sua base na Câmara terão boas chances de reeleição ficando ao seu lado em 2020, e não deixará escapar nenhum deles, com a simples estratégia de fortalecer a sua base de votos.

Nas eleições de 1982, aconteceu algo inédito: nenhum vereador de mandato foi reeleito em Coelho Neto

No Brasil, 1982 marcou o começo da redemocratização com a primeira eleição depois de 17 anos, a primeira eleição pluripartidária da história. Em Coelho Neto, acontecia algo inédito, a renovação por completa de todos os vereadores municipais. O que é mais interessante nesse fato histórico da nossa política, foi que os eleitores coelhonetenses fizeram uma espécie de campanha para isso acontecer.

O prefeito eleito em 1982 foi o conhecido Raimundo Guanabara do extinto Partido Democrático Social (PDS), onze vereadores assumiriam o legislativo. Inusitadamente nessa mesma eleição, o povo iniciou uma campanha para não eleger nenhum vereador de mandato, algo que serviu como reforço nos discursos do novos pretendentes. O resultado disso foi uma Câmara cem por cento renovada, dali em diante, isso nunca mais aconteceu.

Resultado das eleições de Coelho Neto – 1982 / Amplie para ver os nomes

Ontem dia 01 de Agosto (Quinta-Feira), a Câmara Municipal iniciou seus trabalhos legislativos. Mas, é possível observar na foto enviado por um leitor que houve um certo desinteresse da população com o início dos trabalhos Legislativos.

Foto Reprodução – Início dos trabalhos legislativos, 2º Semestre de 2019

Participe da enquete e dê sua opinião sobre a atuação dos nosso vereadores em Coelho Neto:

Posts Populares

Meus Favoritos

A culpa do Governo Américo e da esquerda que ele representa

Não dá para imaginar em desenvolvimento e qualidade de vida do homem do campo sem nos remeter à: agricultura familiar (AF), suas...

PARA CIMA – PARA BAIXO