O delivery e a venda online tem se tornado cada dia mais essencial na vida de quem evita se expor ao problema de saúde pública trazido pelo coronavírus. Diante disso, várias empresas coelhonetenses começaram a oferecer seus produtos em plataformas online, como é o caso do PedeExpress.

Algumas empresas coelhonetenses estão usando o PedeExpress para contornar o desaquecimento nas vendas causado pelos decretos que visam combater a disseminação de coronavírus aqui no município. Através da internet as pessoas acessam o site do pedeExpress.com.br e compram itens de supermercados, frutas, verduras e até medicamentos de farmácias.

As entregas são feitas em questão de horas e com frete grátis, para pedidos a partir de R$ 11,99.

O PedeExpress oferece medicamentos Delivey

A medicação continua com a obrigatoriedade da apresentação da receita médica, que é mostrada no ato da entrega. Sem ela, apenas medicamentos sem necessidade de receita poderão ser comprados dentro da plataforma. Esse serviço se torna primordial em tempos de isolamento domiciliar, facilitando a vida daqueles que se preocupam com a saúde pública.

Ainda é possível comprar dentro da plataforma, roupas, calçados, tecnologia, suplementos alimentar, pizzas e hambúrgueres.

Já recebemos pedidos enquanto nosso nosso mercadinho estava fechado, a tarde, e até a noite. Logo cedinho a gente prepara o pedido do cliente e vai entregar.”

Suley Resende, Gerente do Mercadinho Elesbão

Mesmo com o negócio fechado, o PedeExpress não para de vender para o pequeno negócio, pois o site fica online 24h por dia. E vendas extras são contabilizadas para os pequenos negócios dentro da plataforma, em alguns casos chegando a representar até 32% do seu faturamento mensal.

Explore o site clicando aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui