Os pré-candidatos a prefeito Albino Klaubert, Dr. Ricardo Chaves (Cidadania) e Antonio Pires (PCdoB), fizeram um convite ao Doutor Sampaio para que ele incorpore-se ao projeto político que pretende criar uma nova frente de oposição em Coelho Neto.

A novidade chega como um incremento para o cenário político coelhonetense, partindo do pressuposto que esse deve ser composto na sua grande maioria por nomes leves e novos. Oferecer bons nomes aos eleitores é a opção mais coerente para quebrar o clico de repetição de grupos políticos no comando do poder público de nossa cidade.

Quando o encontro for realizado, e Doutor Sampaio aderir de fato ao movimento, um sinal de alerta para a polarização de grupos tende a soar, ouvido principalmente por aqueles que buscam reconhecimento e um futuro novo para Coelho Neto.

Soliney Silva já foi testado duas vezes, deixou obras inacabadas, teve suas contas rejeitadas, se encheu de processos de improbidade e teve seu nome atrelado à prática de desvios de recursos públicos. Mas antes de jogar seu legado fora, Soliney viveu exatamente o que está acontecendo hoje e foi eleito com 13 mil votos. A criação de um movimento que uniu novos nomes numa frente de oposição em um cenário nos mesmos moldes do de agora: um prefeito com baixa aprovação popular (MAGNO BACELAR) e um grupo que tentava se repetir no poder (MÁRCIA BACELAR).

Com a adesão de mais um nome nessa nova frente de oposição, fica subentendido que esse movimento tem tendências de crescimento descomplicado. Vamos aguardar!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui