O prefeito Américo de Sousa (PT), usou a TV local nesse 1º de maio para manifestar um endurecimento nas ações de controle da disseminação dos casos de covid 19 em Coelho Neto. Uma das regras citada por ele será a proibição da venda de bebidas alcoólicas, inclusive proibindo a entrada de distribuidores de bebidas no município.

Após anunciar mais dois novos casos confirmados de COVID-19 no município, o prefeito municipal se disse obrigado a endurecer as regras para barrar a disseminação da infecção. Bastante aborrecido, ele explicou que alguns dos primeiros contágios ocorreram em um dos vários estabelecimentos desautorizados a funcionar durante o estado de calamidade, um bar.

“Nota-se que diversos bares pela cidade não seguem a determinação legal do decreto estadual que suspende suas atividades, e que populares estão comprando bebidas e aglomerando pessoas para fazer o consumo em suas residências”, disse Américo para justificar a medida anunciada por ele.

Durante a entrevista, também foi anunciado que a vigilância sanitária vai aumentar a fiscalização nos estabelecimentos com atividades não suspensas para que esses cumpram as regras do uso de máscaras, distanciamento e quantidade de pessoas dentro do estabelecimento. Todos os outros que constam como suspenso durante o estado de calamidade pública serão devidamente fechados.

RESPEITE O ISOLAMENTO, FIQUE EM CASA.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui