A empresa teresinense, instituto Jales de Pesquisa LTDA, é a responsável pelo registro da pesquisa eleitoral inscrita sob o número MA-04828/2020 no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A prospecção visa apontar números quantitativos para os cargos de prefeito e vereador em Coelho Neto. Márcia Beatriz Lustosa Queiroz Jales de Carvalho e o estatístico Paulo Rubens Oliveira Jales de Carvalho são os proprietários do instituto.

Em 2018, um dos proprietários do Instituto Jales de Pesquisa o estatístico Paulo Jales, era gestor na Administração do Conselho Regional da 7ª Região. Neste mesmo ano, o Conselho Federal de Estatística com sede no Rio de janeiro emitiu uma portaria dispondo a constituição de uma comissão processante para apurar irregularidades cometida pelo estatístico Paulo Jales na gestão do conselho.

Portaria que instaurou uma comissão de apuração de irregularidades na administração do Conselho Regional da 7ª Região.

CURIOSIDADES

A primeira curiosidade, é motivada pelo fato que a pesquisa foi contratada pelo próprio instituto ao custo de um décimo do valor médio cobrado por outras empresas pesquisadoras da região. Em virtude disso, não foi exigido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a emissão da nota fiscal do serviço em nome do contratante.

A segunda curiosidade, é que a pesquisa levou apenas 03 dias para percorrer 16 bairros da zona urbana, e pasmem, 09 povoados da zona rural de Coelho Neto a um custo de apenas R$ 1.500,00.

Veja a baixo o questionário que foi aplicado na pesquisa e registrado junto ao TSE.

Outra curiosidade e essa prestes a ser revelada, é saber qual dos pré-candidatos apresentará tal pesquisa. Oriunda de um Instituto localizado na zona leste de Teresina cujo o estatístico e proprietário já sofreu processo para apurar irregularidades cometidas por ele quando esteve a frente do órgão que esse representava na região.

Vamos aguardar!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui